quinta-feira, 10 de março de 2011

Ab imo pectore.

É cedo…um pouco cedo para poder apagar a luz
 e tarde para conseguir ler.

Podia pedir-te que fizesses alguma coisa para o tempo passar                       ( mais rápido).....................

 "Vem aqui, faz-me companhia…”

[é o que mais te quero dizer..]


Mas não respondes e não fazes nenhum gesto, nenhum som.

 Acredito que estás a dormir profundamente, mesmo que estejas a fazer de conta.
....a mais pura das emoçoes se manifesta.



O teu corpo levita na terra dos sonhos...O meu está aqui, um pouco alto…

- Deixa  implodir o tempo que se esgota, que se perde…Deixa-o a descoberto e dá-lhe uma expressão táctil… [diz o Srº InConsciente]

«Solta a voz e os movimentos…Encoraja palavras e actos…Move o corpo, sem pressa ou rota traçada…Transforma, sem certezas ou permissões…Dá asas, resguardo e atenção…Torna o desejo impulso certeiro…Aviva sonhos e constrói peças de realidade…» [ Manifesta-se o Sub-Consciente]



 
Quero dormir.
Preciso encostar a cabeça à almofada e dormir.
Dormir um sono profundo.
Sem sobressaltos nem inquietações.
 Preciso dormir um sono tranquilo.
 Perder-me nos sonhos coloridos.

3 comentários:

Be my guest! (^,^)